Hermelindo Fiaminghi

bibliografia


AMARAL, Aracy. Projeto Construtivo Brasileiro na Arte (1950-1962). Rio de Janeiro, MEC – Funarte - MAMRJ/ Secretaria de Cultura, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo/ Pinacoteca do Estado, 1977.

AMARANTE, Leonor. As bienais de São Paulo/ 1951 a 1987. São Paulo, Projeto Banco Frances e Brasileiro, 1989.

BOUSSO, Vitória Daniela. Fiaminghi ou a concreção sensória. 1992. 200 p. Dissertação (Mestrado) - Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo - ECA/USP, São Paulo, 1992.

BRITO, Ronaldo. Neoconcretismo: vértice e ruptura do projeto construtivo brasileiro. Rio de Janeiro, Funarte/ Instituto Nacional de Artes Plásticas, 1985.

REZENDE, Marco Antonio Amaral; CABRAL, Isabella. A Gênese da Pintura. São Paulo: MASP – Edusp. 1992

CABRAL, Isabella; REZENDE, Marco Antonio Amaral. Hermelindo Fiaminghi. São Paulo: Rio, 1998. (Artistas brasileiros, 11).

BUENO, GUILHERME. Hermelindo Fiaminghi. Niterói: Museu de Arte Contemporânea de Niterói. 2010

MILLIET, Sérgio. III Bienal de São Paulo. São Paulo, Museu de Arte Moderna de São Paulo. 1955.

Ausstellung Brasilianischer Künstler. Munique, Haus der Kunst. 1959.

VIEIRA, José Geraldo. Prêmio Leirner de Arte Contemporânea 1959. Galeria de Arte das Folhas. 1960

PIGNATARI, Décio. Fiaminghi. Campinas. Galeria Aremar. 1961.

CORDEIRO, Waldemar. Coletiva inaugural 1. São Paulo. Galeria Novas Tendências. 1963.

Exposição individual Hemelindo Fiaminghi. São Paulo, Galeria Novas Tendências. 1965

ABRAMO, Livio. Arte de hoy en el Brasil. Assunção. 1966.

ZANINI, Walter. Seis pesquisadores de arte visual. São Paulo. Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo. 1966.

FERRAZ, Geraldo. Retrospectiva Waldemar da Costa e Exposição – Homenagem ao Mestre. São Paulo. Museu de Arte Moderna de São Paulo. 1972.

Quatro Artistas Contemporâneos. São Paulo. Lacio Galeria de Arte. 1981.

XVII Bienal de São Paulo – Catálogo Geral. São Paulo. Fundação Bienal de São Paulo. 1983.

XVIII Bienal de São Paulo – Catálogo Geral. São Paulo. Fundação Bienal de São Paulo. 1985.

Panorama da Arte Atual Brasileira/ 86 – Pintura. São Paulo. Museu de Arte Moderna de São Paulo. 1986.

PIGNATARI, Décio. Fiaminghi. São Paulo. Galeria São Paulo. 1986.

Exposição Brasil – Japão de Arte Contemporânea 1990. São Paulo. Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand. 1990.

Perspectivas &; Polaridades. São Paulo. Paço das Artes. 1992.

Fiaminghi. São Paulo. Galeria São Paulo. 1995

Luz futura, a ruptura e a maturidade nas obras de Fiaminghi. Isto É. São Paulo, 1990.

AMARAL, Aracy. Arte no Brasil. Arte em Revista – Anos 60. São Paulo. 1979.

AMARANTE, Leonor. Hermelindo Fiaminghi. Galeria 1990.

BARDI, Pietro Maria. Como é e como deveria ser a bienal. Revista Habitat. São Paulo. 1955

Bienal. Revista Habitat. São Paulo. 1951

Os Contemporâneos. Arte no Brasil. 1986.

CORDEIRO, Waldemar. Concretismo. Módulo. São Paulo. 1959.

IX Salão Paulista de Arte Moderna. Revista Habitat. 1960

GULLAR, Ferreira. Teoria e prática da poesia. Arquitetura e Decoração. 1956.

PIGNATARI, Décio. Arte Concreta: Objetivo e Objetivo. Arquitetura e Decoração. 1956.

PIGNATARI, Décio. Procure o Referente. Propaganda. 1962.

SCHMIDT, C. V.. De concretismo e Fiaminghi. Artes. São Paulo. 1977.

As imagens de um velho mestre. Revista Veja. São Paulo. 1990.

FIAMINGHI, Hermelindo. Folha de São Paulo, São Paulo, 17 jun. 2001. Entrevista concedida a Carlos Adriano.